Blog posts

África do Sul: o país da diversidade

África do Sul: o país da diversidade

Destinos Internacionais

A África do Sul é o pais que fica no extremo sul do continente africano, entre os oceanos Atlântico e Índico. O local é marcado pela diversidade e por lutas pela igualdade e valorização dessas diferenças. Essa pluralidade começa quando sabemos que o país conta com onze línguas oficiais reconhecidas pelo governo e que o tema religião também é bem misturado na sociedade sul-africana, com a presença de católicos, protestantes, muçulmanos, islâmicos, hinduístas e as tradicionais religiões indígenas.

O país é considerado um mercado emergente, uma economia em ascensão e tem se destacado muito no continente, historicamente muito pobre e explorado mas proporcionalmente rico em cultura. A África do Sul tem três capitais: a Cidade do Cabo, capital legislativa; Pretória, capital administrativa; Bloemfontein, capital judiciária. O país é um dos poucos no continente que não passou por um golpe de Estado ou uma guerra civil depois da descolonização, mas isso não o livrou de ter um dos capítulos mais tristes da história mundial: o apartheid. 

A palavra Apartheid vem do africâner, idioma oficial da África do Sul, que siginifica “separação”. O regime de segregação foi adotado de 1948 até 1994 e consistia em limitar os direitos dos negros. A segregação racial aconteceu na saúde, educação, moradia, serviços públicos etc. Como essa separação social era muito forte, a violência era igualmente poderosa e trouxe um movimento de resistência interna com um dos líderes mais famosos do mundo, símbolo de luta pela liberdade e igualdade: Nelson Mandela. O militante ficou preso por 27 anos e, após sua libertação, em 1994, foi eleito presidente da África do Sul. “Madiba”, como é carinhosamente apelidado, foi o principal líder no país e uma referência para todos até hoje.

É fundamental saber a história do país para visita-lo. A todo momento você será bombardeado por resquícios desse passado, como a luta para não deixá-lo se repetir é importante para os locais. Mas a África do Sul não é só história de superação, o local conta paisagens naturais belíssimas e uma noção única de pertencimento do continente como um todo. O artesanato e cultura locais são super valorizados e isso fica estampado para todo e qualquer turista. Separamos algumas cidades que você não pode deixar de conhecer na África do Sul, confira:

01. Pretória

Uma das capitais da África do Sul, Pretória é uma cidade tranquila perto da vizinha Joanesburgo, mas é também muito voltada para as indústrias tecnológicas. Além dos parques, é fundamental conhecer o Monumento Voortrekker, o Museu Kruger House, a Church Square e o Union Building.

02. Joanesburgo

Uma das principais cidades da África do Sul, talvez a mais famosa, o local é ideal para jovens que procuram modernidade e uma maior globalização. O contraste de arranha-céus e bazares africanos traz à tona uma cidade que é a cara do continente africano, um mix de culturas e informações. A cidade foi palco da luta de Nelson Mandela contra o Apartheid, dono da região de Soweto, tão simbólica para o Madiba e também sede de jogos da Copa do Mundo de 2010.

03. Port Elizabeth

Como podemos presumir pelo nome, a colonização inglesa tem marca registrada na cidade. Ao todo, são mais de 40 km de praias banhadas pelo Oceano Índico que transformam a cidade de Port Elizabeth em um cenário cinematográfico. Um dos passeios mais importantes da região é o City Tour pelo centro histórico, passando pela Biblioteca Pública Nacional e o Market Square, onde funcionava o antigo mercado de peixe da cidade.  A Route 67, na Donkin Reserve, também é imperdível. O local é uma homenagem ao rico passado da cidade. Um museu a céu aberto, a escadaria marca o começo/fim da Art Route 67, um parque que conta com um farol,  um mosaico e uma pirâmide de pedra com vista para o oceano. O local também é uma homenagem a Nelson Mandela, sendo possível ver um pouco sobre a vida e a luta que inspirou toda a vida de Madiba.

04. Franschhoek e Stellenbosch

Ambas as regiões são famosas pelas vinícolas e pela colônia européia no país. A África do Sul é uma importante produtora de vinho, entre Franschhoek e Stellenbosch é possível contar com mais de 200 produtores. O local conta com uma infraestrutura para quem quer degustar e conhecer a produção de vinho até se hospedar na região.

05.  Durban

Muito próxima a Joanesburgo, Durban é uma cidade que tem a natureza como grande atração turística. O local também é famoso pelas ruas floridas, bares, parques, museus, teatros, galerias de arte e baladas que agitam a vida noturna da cidade. Atualmente, a cidade é dona do porto mais movimentado da África e é a porta de entrada para locais históricos de Reino Zulu e Drakensberg.

06. Cidade do Cabo

Uma das capitais do país, a Cidade do Cabo conta com muita agitação para quem gosta de vida noturna movimentada, praias e lojas interessantes. Um dos pontos de destaque da cidade é o Cabo da Boa Esperança ou, como era conhecido, o Cabo das Tormentas. O ponto ficou conhecido pelos navegadores que, muitas vezes, não conseguiam passar ali sem naufragar. O nome “Boa Esperança” é uma ironia, afinal, seria um bom presságio atravessar tamanha tormenta para chegar em novas terras.

07. Simon’s Town

Perto da Cidade do Cabo, o local atrai turistas animados com a possibilidade de ver os visitantes de Boulders Beach: os pinguins africanos. O local é um point de preservação e cuidados com o meio ambiente. O local também abriga praias paradisíacas ideais para mergulho.

Conheça a África do Sul e aproveite toda a cultura, animação e cenários incríveis de natureza exuberante. Reserve seu pacote aqui

About the author

Aqui você encontra dicas, novidades, curiosidades e tudo relacionado à viagens! Tudo pra você que precisa de uma ajudinha pra planejar sua viagem, ou pra você, que assim como eu adora viajar e quer saber os melhores destinos. Vem com o Tio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *