Blog posts

Escolha Buenos Aires como próximo destino e surpreenda-se!

Escolha Buenos Aires como próximo destino e surpreenda-se!

Destinos Internacionais, Dicas

Buenos Aires é considerada um pedacinho da Europa na América do Sul. Apesar da rivalidade futebolística, os hermanos são donos do principal destino de viagem dos brasileiros. Sendo a primeira viagem internacional muitas vezes, a capital portenha é um lugar acolhedor e com muitos aspectos diferentes para os brasileiros.

Avenida 9 de Julho | Crédito: Cortesia Ente de Turismo de la ciudad de Buenos Aires

O clima é muito similar ao brasileiro mas com um frio invejável para muitos. Em julho a temperatura pode chegar à marca de um dígito – congelante para muitos de nós! Mas as temperaturas são muito bem definidas, se no meio do ano o inverno é severo, em janeiro e fevereiro o calor também é digno de destaque. As temperaturas podem chegar aos 40 graus facilmente. Como o Brasil e a Argentina participam do Mercosul, o trânsito entre países do acordo é livre, basta levar o RG com uma foto identificável.

A comida portenha é muito famosa pela carne de ótima qualidade. A influência italiana também é muito presente na culinária, as massas são igualmente deliciosas e uma boa pedida para o almoço ou janta. O local também conta com uma vasta rede de fast foods. A capital também é cheia de opções de transporte público, além do tradicional City Tour que mostra a cidade toda com o auxilio de um guia local. Por ser uma cidade plana, as bicicletas também são muito utilizadas e a caminhada é uma atividade presente na vida de moradores e turistas.

O idioma pode pedir uma atenção extra, o sotaque argentino é mais fechado e puxado. Estamos acostumados a escutar o idioma por estarmos cercados de países hispânicos, mas algumas “adaptações” devem ser evitadas. Palavras chaves podem salvar sua viagem e evitar muitas dores de cabeça, como “baño” para banheiro, “vaso de água” para pedir um copo de água. Utensílios como cuchara, tenedor e cuchillo para colher, garfo e faca, respectivamente. E claro, o gentil “gracias” é muito bem visto.  A facilidade é maior quando falamos de dinheiro! Nossa moeda tem um poder de compra bem maior no país vizinho. Cada um real nosso equivale, em média, quase dez pesos argentinos. A dica é levar reais ou dólares para a sua viagem, é muito mais vantajoso na hora das compras!

Casa Rosada | Crédito: Cortesía Ente de Turismo de la ciudad de Buenos Aires

Ok, mas o que fazer em Buenos Aires?
A cidade é muito conhecida pela cena cultural muito rica. Cheia de cinemas, livrarias, bibliotecas, parques, teatros e museus, é muito fácil passar o dia visitando lugares incríveis e que contam não só a história do país como a do continente. Vou te mostrar 20 motivos para visitar uma das cidades mais bonitas e bem preparadas para o turismo da América Latina:

  1. Casa Rosada
    Sede do governo argentino, a casa se destaca das outras pela sua tonalidade única. Pintada pela primeira vez em 1870, um dos símbolos do país, manteve sua cor até os dias de hoje.  A origem do tom tem várias explicações, desde a junção de dois tons de dois partidos políticos até o uso de sangue animal misturado à tinta (na época da primeira pintura). A casa em si é a união de dois prédios antigos, a Casa de Governo e o Correiros e Telégrafos. Atrás da casa também é possível visitar o Museu do Bicentenário.
  2. Plaza de Mayo
    A praça mais famosa da capital portenha tem uma história triste de luta e força. O local sempre foi palco de reivindicações e protestos. No geral, os argentinos são muito politizados, ligados e preocupados com a política nacional. Quase todos os dias são organizados protestos no local, o mais famoso acontece nas quintas-feiras, as chamadas “Madres de la Plaza de Mayo”, onde familiares (em maioria mães), relembram as torturas sofridas por seus filhos e entes queridos na ditadura militar argentina. Nem tudo é na base do grito e cartazes no local, há também algumas feirinhas que vendem artesanato.
  3. Obelisco
    Erguido para comemorar os 400 anos da fundação da cidade, o Obelisco é o principal monumento histórico e o mais famoso cartão postal. Sua localização também é importante, no cruzamento das duas maiores e mais importantes avenidas – Avenida 9 de julho e Avenida Corrientes. A primeira já foi considerada uma das mais largas do mundo e a Corrientes é considerada a Broadway latina por conta dos inúmeros teatros. É possível fazer fotos com estátuas de alguns artistas argentinos nas calçadas da avenida.
  4. Teatro Colón
    A principal casa de ópera da Argentina, em Buenos Aires, é considerada um dos cinco melhores teatros do mundo pela sua acústica! O Colón original foi inaugurado em 1857 mas precisou de obras logo em seguida e foi substituído pelo atual teatro em 1908. O Teatro Colón é um dos lugares mais visitados na cidade e já foi palco para apresentação de artistas e cantores mundialmente famosos. Comportando quase 2500 pessoas, está localizado entre a Avenida 9 de Julho, Calle Liberdade, Calle Arturo Toscanini e Calle Tucumán.
  5. Museu de Arte Latinoamericana
    O MALBA, como é mais conhecido (abreviatura das iniciais do museu), é  um local que abriga obras de artistas famosos que contruibuíram para a arte latinoamericana como Tarsila do Amaral e Frida Kahlo. O museu também é modernizado, possui obras interativas e tem uma área livre para passeio.
  6. Museu Nacional de Belas Artes
    O museu mostra muito da história nacional da Argentina, com um acervo público de mais de 12 mil peças que compõe a coleção, a arte europeia do século XIX ganha destaque como uma das mais importantes. É possível encontrar esculturas de Rodín, Rembrandt, Monet entre outros. Fazer uma visita guiada é ter certeza que você desfrutará de tudo que o local tem a oferecer.

  7. Catedral Metropolitana de Buenos Aires
    O Papa Francisco (atual no cargo) é argentino e lá você consegue ver objetos pessoais de quando Francisco ainda era Jorge Bergoglio, arcebispo argentino! O local é uma das mais importantes igrejas e um dos prédios mais bonitos de Buenos Aires. Declarada Patrimônio Histórico Nacional em 1942, a fachada com 12 colunas e uma escultura em alto-relevo mostrando o encontro de Jacó e seu filho José, no Egito, impressiona. Do lado de dentro é possível ver pinturas de Francesco Domenighini e o mausoléu do herói nacional: General José de San Martín.
  8. Caminito
    Conhecido pelas cores vibrantes e pelos muros igualmente coloridos e desenhados, o local é considerado um verdadeiro rua-museu a céu aberto. O local também conta com vários restaurantes e lojas de lembrancinhas e artesanatos. Por ser muito turístico, o assédio de pessoas vendendo coisas aleatórias na rua é muito grande. Seu nome vem de um tango e é possível ler a letra nas paredes do local.
  9. La Bombonera
    Se você gosta de futebol e costuma assistir Libertadores, La Bombonera não pode ficar fora do seu roteiro de viagem! O estádio do adorado ou odiado Boca Juniors, um dos maiores da Argentina, é um local que mostra muito mais que um campo de futebol. É possível fazer visitas ao museu local e conhecer mais da história do clube, suas conquistas e ter a chance de visitar os vestiários.
  10. Puerto Madero
    Bairro da área portuária, o local surgiu ainda no final do século XIX e início de século XX. A revitalização da região aumentou a circulação das pessoas e número de estabelecimentos no local. Um dos destaques do porto é a Puente de la Mujer, primeira obra feita pelo reconhecido arquiteto espanhol Santiago Calatrava na América Latina. Lançada em 2001, a ponte pedestre giratória com um dos mecanismos de giro maiores do mundo, pensado para permitir a passagem das embarcações à vela que transitam nos diques do porto.

  11. Cemitério de la Recoleta
    Um dos cemitérios mais bonitos do país e conhecido por ser um dos mais visitados do mundo (ao lado do Pere-Lachaise, em Paris), os jardins rodeiam uma área de lazer popular para os portenhos. O bairro onde está localizado este cemitério é uma das áreas mais nobres da capital e é local de descanso de pessoas importantes no cenário nacional. Atualmente poucos enterros acontecem no local, há pouco espaço disponível e o preço alto são impeditivos.
  12. Floralis Generica
    Uma estrutura metálica situada na Plaza de las Naciones Unidas encanta pela sutileza. O arquiteto argentino Eduardo Catalano criou essa escultura que ocupa o centro de um parque de 4 hectares, acima de um espelho d’água.  A grande flor é feita de aço inoxidável e pesa 18 toneladas, atingindo 23 metros de altura. Dependendo da hora do dia a flor, pelo sistema eletrico, abre e fecha automaticamente. Ao anoitecer a flor se fecha e deixa escapar um brilho vermelho que vem do seu interior, se apagando no amanhecer e, consequentemente, se abrindo para o nascer do Sol.

  13. O Ateneo
    Uma das livrarias mais bonitas do mundo, segundo o jornal inglês The Guardian, em 2008, e tem sede em um antigo teatro local. O edifício localizado no número 1860 da Avenida Santa Fé foi inaugurado no ano de 1919. Vale muito a pena visitar o local e, de quebra, ainda comprar um livro ou até mesmo um marca página.
  14. Café Tortoni
    Inaugurado em 1858, o café é muito conhecido e é muito visitado, seja por turistas ou por moradores da cidade. O local conserva o aspecto antigo, com resquícios da sua fundação e se torna divertido ao poder tomar café com uma estátua de Carlos Gardel, um famoso cantor de Tango da cidade. O local também abrigou uma associação literária de Buenos Aires. O Café Tortoni é uma ótima pedida para dias frios, ideal para tomar um cafézinho histórico.
  15. Calle Florida e Galeria Pacifico
    Compras! Buenos Aires não é uma cidade historicamente feita para compras mas, com o poder de compra do real, muitos brasileiros optam por fazer comprinhas na terra dos hermanos. A Calle (Rua) Florida é uma das vias principais com grandes lojas e um centro comercial único. A Galeria Pacifico, além de lojas muito boas como Lacoste tem, como atrativo, sua estrutura. O céu da galeria é um espetáculo para ser observado enquanto se faz compras.

  16. Show de Tango
    É como vir ao Brasil e não escutar um bom samba! O Tango tem muitas similaridades, na sua origem, com o samba brasileiro. É um gênero musical que foi muito criticado, injustiçado e subestimado pela elite e que sempre fez a festa dos populares. A dança é um verdadeiro show, os passos rápidos e precisos podem ser observados em muitos bares na capital argentina mas, sem dúvidas, os principais estão no Caminito. Vale o investimento em ingressos para casas especializadas, a experiência é única!
  17. Feiras de artesanato
    É fundamental ter contato com os moradores locais, a experiência de trocar não só vivências como perceber culturas e a forma de viver é muito enriquecedor. Buenos Aires é famosa pela forte cultura do artesanato, principalmente com o couro de origem animal. Pulseiras, bolsas, carteiras, jaquetas, é possível encontrar muitos objetos nesse material mas também com muito bordado e com fortes influências do resto da América Latina, com muita cor e tecidos costurados a mão.
  18. Jardim Botânico de Buenos Aires
    Com muitas esculturas e uma enorme variedade de flores e plantas, o Jardim Botânico, também conhecido como jardim Botânico Carlos Thays, nome em homenagem ao seu idealizador. O local foi inaugurado em setembro de 1898. Atualmente, sua área é de quase 70 mil m² onde é possível encontrar mais de 5.500 espécies vegetais.
  19. Zoológico de Buenos Aires
    Ao lado do Jardim Botânico, o Zoológico de Buenos Aires impressiona não só pelo tamanho como pelos cuidados com os animais. O local ocupa uma área de 18 hectares e conta com uma variedade de 89 espécies de mamíferos, 49 espécies de répteis e 175 de aves. Ao todo, o número passa a marca de 2.500 animais. O zoológico se compromete com a educação ambiental e é também um santuário para animais resgatados.
  20. Praça do Congresso
    Declarado “Lugar Histórico Nacional”, situado no centro da capital portenha, no bairro de Monserrat, a Praça do Congresso abriga um dos lugares mais representativos e importantes para o país. O edifício foi inaugurado em 1906 (demorou nove anos para ser finalizado!) também costuma ser ponto de encontro de grupos reivindicando direitos e protestando. A Praça do Congresso faz parte de uma das regiões mais visitadas do país, junto a Plaza de Mayo.

    Buenos Aires
    Ponte de La Mujer | Crédito: Cortesia Ente de Turismo de la ciudad de Buenos Aires

 Onde ficar?
Ainda que o transporte público da cidade funcione, a localização do hotel conta muito em uma viagem. Uma escolha errada e o roteiro pode ser inviabilizado. Por sorte, tio Walter pode te ajudar! Confira, clicando no link aqui ofertas para uma viagem incrível para Buenos Aires!

 

About the author

Aqui você encontra dicas, novidades, curiosidades e tudo relacionado à viagens! Tudo pra você que precisa de uma ajudinha pra planejar sua viagem, ou pra você, que assim como eu adora viajar e quer saber os melhores destinos. Vem com o Tio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *