Blog posts

Salvador: muito além de Carnaval!

Salvador: muito além de Carnaval!

Destinos Nacionais

A primeira capital nacional e uma das principais cidades do país com uma cena cultural tão diversa. Entre as cidades mais visitas, Salvador só perde para Rio de Janeiro e se destaca pela mistura de cores, culturas e credos. Que outro local, no país e mundo, é possível ter uma igreja católica e uma mãe de santo dividindo espaço? A influência dos imigrantes está misturada e bem sintetizada no DNA do estado: se misturam na culinária, vestimentas, festas e em seus hábitos.

A cidade de Salvador é conhecida pelo seu Carnaval e por seu agito no verão. Indo muito além das praias incríveis e os clássicos carnavais, outras festas populares arrastam verdadeiras multidões. Uma das maiores é a festa do Senhor do Bonfim que acontece sempre na segunda quinta-feira do mês de janeiro. Andar por Salvador é muito simples e agradável. A cidade é dividida em Alta e Baixa, é na parte Alta que fica o famoso e colorido Pelourinho e outro cartão postal, o elevador Lacerda, liga ambos os pontos da cidade.

O bairro histórico de Pelourinho está no centro da cidade e é um ponto em comum com outros lugares famosos como a Casa de Jorge Amado além das igrejas símbolos do período Barroco no Brasil. O local é tombado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade e tem, em suas ruas e vielas, casarões datados do século XVII e XVIII. A Igreja e Convento de São Francisco, a obra barroca mais rica do país, é tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e classificada como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo.

Outro ponto turístico é o famoso Elevador Lacerda. É por ele que temos acesso à parte baixa da cidade. As praias ficam à beira da Baía de Todos-os-Santos e são locais garantidos para curtir e apreciar o mar quase caribenho da capital da Bahia. Alimentação também é um ponto muito forte e com uma miscigenação bem presente. Comidas como Bobó, Moqueca e Caruru são pratos típicos da cultura baiana e são sucesso garantido pela mistura de temperos e, no geral, frutos do mar. As receitas mesclam os ingredientes muito presentes na cultura africana, portuguesa e indígena e uma coisa que você não pode esquecer de provar é o famoso Acarajé de uma verdadeira baiana da Bahia.

Confira algumas dicas de locais bem interessantes para conhecer em Salvador nesse começo de ano e iniciar 2019 com o pé direito e a benção de Iemanjá e de todos os santos.

01. Mercado Modelo
O lugar ideal para comprar artesanato local, o Mercado Modelo está localizado no bairro do Comércio, uma das zonas comerciais mais antigas da cidade. O porão já foi usado para “guardar” escravos que chegavam da África e não estavam vendidos. a visita é obrigatória aos turistas. O edifício, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), é vizinho do Elevador Lacerda. Com uma arquitetura neoclássica e uma área de 8.410 metros quadrados e dois pavimentos, o local abriga mais de 260 lojas e oferece várias lembranças e presentes da Bahia. O Mercado Modelo também é a casa de dois restaurantes clássicos de Salvador, o Maria de São Pedro e o Camafeu de Oxossi.

02. Elevador Lacerda
Datado de 1873, o elevador foi planejado e construído pelo empresário que nomeia o local: Antônio Francisco de Lacerda. São quatro cabines que conectam os 72 metros de altura entre a Cidade Alta (Praça Tomé de Sousa) à Cidade Baixa (Praça Cairu). O tempo de “viagem” é de 22 segundos e é possível dividir a cabine com até 128 pessoas. O local funciona 24 horas por dia e garante uma vista incrível.

03. Pelourinho
O Pelourinho é um dos bairros mais famosos de Salvador e o com maior concentração de pontos históricos. O local tem sua história atrelada ao surgimento e crescimento da capital. Lugar das melhores moradias de Salvador, fundada em 1549 por Tomé de Sousa, foi um dos melhores lugares da Bahia até meados do século XX. A partir de 1980 o local teve o reconhecimento como Patrimônio da Humanidade pela ONU para Educação, Ciência e Cultura e 1990 com a revitalização da região é possível curtir inúmeras atrações artísticas e musicais, além do famoso Olodum (com apresentações aos domingos e terças-feiras).

04. Farol da Barra
No século XVII, o porto de Salvador era um dos mais movimentados da época. Com o grande número de embarcações, para auxiliar os navegantes que chegavam à Baía de Todos-os-Santos, traficando negros ou em busca de matéria prima nacional (principalmente Pau-Brasil), a construção de um farol foi encomendada. O Farol da Barra ou Forte de Santo Antônio da Barra atual é datado de 1839 e foi fabricado na Inglaterra, em resposta ao Decreto Regencial de 6 de julho de 1832 que determinou a instalação de um farol mais moderno e com um alcance de dezoito milhas náuticas (com tempo claro). Em 1937 a iluminação passou a ser por luz elétrica, marcando o seu centenário.

05. Museu Carlos Costa Pinto
A casa onde o museu está instalado tem estilo Colonial Americano e e data de 1958. Foi construída para ser uma residência familiar mas nunca foi habitada, sofreu adaptações para comportar o museu com mais de três mil peças originais. O acervo foi todo doado pela filha de João Pereira de Carvalho e Helena Ballalai de Carvalho, Margarida Ballalai de Carvalho Costa Pinto (1895-1979), uma família muito importante e tradicional da sociedade baiana. A jovem se casou com Carlos Aguiar da Costa Pinto mas não tiveram filhos. Em novembro de 1969 ela conseguiu realizar o sonho do marido em ter todo o acervo exposto e com acesso ao público. Carlos costumava colecionar peças de arte e foi o maior responsável pelo acervo que possibilita o estudo da sociedade baiana dos séculos XVII ao XIX.

06. Museu de Arte da Bahia
O MAB, Museu de Arte da Bahia, é um museu público estadual fundado em 1918. É o mais antigo da Bahia e um dos dez primeiros do país. O local é responsável por guardar objetos importantes para a história municipal, estadual e nacional. O acervo é composto por cinco mil obras, pinturas e até um rico acervo documental com fotos, mapas e cartas. Desde 1982, o MAB está instalado no Palácio da Vitória, espaço que também detêm uma biblioteca especializada com 12 mil livros. 

07. Palacete das Artes
O Palacete Catharino, localizado no bairro da Graça, representa um período em que a sociedade baiana flertava muito com a cultura e modernização dos ingleses e franceses e queria não só mostrar o poder aquisitivo mas o poder social e cultural. Com uma arquitetura monumental, o local já abrigou a Secretaria Estadual da Educação  e Cultura e os Conselhos Estaduais de Educação e de Cultura. Em 2003 teve uma grande restauração e hoje é destino de exposições temporárias e, em seus jardins, foram incorporadas quatro peças do escultor Rodin.

08. Galeria de Arte Paulo Darzé
Um dos pontos mais importantes de arte do estado, o espaço é dedicado a artistas contemporâneos. Com uma linguagem mais livre e acessível, as variadas expressões e usos de técnicas inovadoras, o local é palco para exposições temporárias de artistas que trabalham individualmente ou em coletivos.

09.  Praças! Praça Castro Alves, Tomé de Sousa, da Piedade…
Salvador é uma cidade com muitas áreas verdes e de passeio público. Lugares como a Praça Tomé de Sousa são importantes pela ligação com o Elevador Lacerda mas também são palco para encontros de pessoas, feirinhas artesanais e de passeio de domingo. As praças mais famosas são: Praça Castro Alves; Praça Tomé de Sousa que também é conhecida como Praça Municipal; Praça Cairu; Praça da Sé e Terreiro de Jesus.

10.  Igrejas para todos os Santos
Capital do país por 250 anos e sendo colônia de Portugal, um dos países mais católicos do mundo, a construção de igrejas era natural e muito bem vista. É possível encontrar igrejas de todos os tamanhos, formatos e para todos os santos. A maioria é datada do século XVII e XVIII. Entre as mais famosas e bem cuidadas estão: A Catedral de Salvador, igreja jesuíta e construída na metade do século XVII; Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, com estilo rococó e decoração neoclássica. A festa em homenagem ao santo é a mais importante na cidade depois do Carnaval.

Se interessou? Tenho uma sugestão de pacote para passar o começo do ano de 2019 em Salvador. É só clicar aqui e curtir a viagem!

About the author

Aqui você encontra dicas, novidades, curiosidades e tudo relacionado à viagens! Tudo pra você que precisa de uma ajudinha pra planejar sua viagem, ou pra você, que assim como eu adora viajar e quer saber os melhores destinos. Vem com o Tio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *