Blog posts

Islândia: A terra do gelo e do fogo

Islândia: A terra do gelo e do fogo

Dicas

À procura de um destino para curtir o Inverno? A Islândia tem um dos nomes mais autoexplicativos: do inglês, Iceland, a terra do gelo. Famosa pelas temperaturas baixíssimas e por ter um turismo muito voltado à natureza e meio ambiente, a Islândia se destaca pela cultura única e pela sua essência preservada.

A popular capital, Reiquiavique, é o centro cultural, econômico e governamental do país e está entre as cidades mais seguras, verdes e limpas do mundo. Está muito perto do círculo polar ártico, em uma zona rica em gêiseres e nascentes termais.

No centro da cidade é possível encontrar o centro histórico, com o parlamento (construído no século XIX), a Universidade da Islândia, o Museu Nacional, a Casa Nórdica dentre outros pontos de interesse.

Ao longo do espaço o visitante também poderá encontrar muitas igrejas cristãs, novas ou antigas, entre elas a Catedral do Parlamento e a grande Hallgrímskirkja, igreja luterana nacional da Islândia, com 74,5 metros de altura, a maior igreja do país e inaugurada em 1986.

A Islândia tem uma grande atividade vulcânica, por isso também é chamada de “Terra do Fogo”, contando com uma geografia muito especial. Com uma sociedade muito desenvolvida, a tecnologia e cultura são elementos básicos que permitem que a herança nórdica atravesse os anos.

O que fazer na Islândia

Uma das atrações que os turistas mais querem ver ao visitar o país são as Auroras Boreais, um fenômeno óptico observado nos céus noturnos de regiões polares. O espetáculo é belíssimo e uma das vantagens da Islândia é que, diferente do Canadá e Noruega, você não precisa ir muito longe para presenciar o show.

Islândia

Outra atração muito especial do país, já citada acima, são os gêiseres, as fontes termais que lançam jatos de água ou vapor que chegam a grandes alturas. O Haukadalur, parque geotermal, abriga um dos maiores gêiseres em atividade do país, conhecido como Strokkur, com erupções que ocorrem a cada cinco minutos, atingindo impressionantes 20 metros de altura.

Ainda falando em águas termais, um dos pontos turísticos mais conhecidos é a Lagoa Azul, um spa com uma grande piscina de água termal. A lagoa apresenta uma temperatura média de 38ºC e possui na sua água uma substância com efeitos terapêuticos para a pele: a sílica.

Um dos atrativos do país e considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o Parque Nacional de Thingvellir conta com montanhas, cachoeiras, vulcões e também a presença do maior lago natural da Islândia, o Lago Thingvallavatn. Uma curiosidade é que o parque, assim como o país, está no meio de duas placas tectônicas: uma na Europa e outra na América, que criaram fendas no local, resultando em paisagens incríveis.

A Islândia é lar de uma das maiores cachoeiras da Europa, a Gullfoss, conhecida como “cachoeira de ouro” por conta da cor dourada da água durante o verão. Outras duas que valem muito a visita são a Seljalandsfoss e a Skogafoss.

É na Islândia que você encontra também as curiosas praias com areia preta. Uma das mais conhecidas é a Reynisfjara, rodeada por colunas de basalto. Não se esqueça de marcar presença no maior lago glacial da Islândia, o Jökulsárlón. Nele é possível fazer um passeio de barco incrível, avistando seus icebergs e chegando bem perto deles.

Saindo um pouco das atrações mais naturais, um festival anual promete animar os turistas. O Secret Solstice acontece todo ano na capital islandesa durante o solstício de verão, quando acontece o “Sol da Meia Noite”, em que o Sol pode ser visto 24 horas por dia. O Secret Solstice acontece em junho e dura três dias, além dos palcos, piscinas termais e passeios de barco também ficarem disponíveis.

Islândia

Se interessou? Confira nossas opções para curtir a Islândia na sua próxima viagem. Reserve aqui.

About the author

Aqui você encontra dicas, novidades, curiosidades e tudo relacionado à viagens! Tudo pra você que precisa de uma ajudinha pra planejar sua viagem, ou pra você, que assim como eu adora viajar e quer saber os melhores destinos. Vem com o Tio!

2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *